Persianas

Práticas e versáteis as Persianas  controlam a entrada de luz sem comprometer a vista externa.

Desde que surgiram, há dois séculos, já evoluíram bastante para deixar o décor impecável.

Parece fácil, mas escolher cortinas para compor o décor da casa requer um certo conhecimento e orientação correta.

Geralmente, elas são a última etapa do projeto, exatamente para arrematar o conceito da decoração

Uma escolha errada e lá se vai todo o trabalho e, de quebra, a harmonia do espaço.

Persianas

Além disso, elas são responsáveis pelo controle da luminosidade e até pela proteção de móveis e objetos

Nesse contexto, as persianas aparecem como as opções mais práticas e versáteis, pois se encaixam em muitos projetos, do living à cozinha, do quarto à varanda.

Mas não é o gosto pessoal que deve reger a escolha. Ao se apaixonar por um modelo, é preciso verificar se ele se adequa ao espaço.

Há ambientes que não comportam tecnicamente aquele produto tão sonhado. Nesse caso, é preciso ter boa orientação.

O modelo tem de se adaptar ao gosto, à solução, à proteção e à decoração da casa.

A boa notícia é que existem no mercado muitos tipos e materiais – e um deles, com certeza, vai se encaixar técnica e esteticamente no projeto.

Aliás, quando o engenheiro francês Pierre Le Fou (1804-1850) inventou a persiana em 1824,
nunca imaginaria que seu feito, ocorrido por acaso, teria sucesso a ponto de evoluir tanto.

Ele construiu, então, uma maquete de algodão engomado com cordas para mexer as lâminas.

Terminado o projeto, sua mulher pendurou o invento em uma janela a fim de secar a goma e,
ao movimentar as “lâminas”, descobriu que poderia controlar a luminosidade do ambiente.

FALE CONOSCO